Alfa Romeo 1962 ficou guardado em porão por mais de 35 anos

Este Alfa Romeo Giulietta SZ 1962 ficou no porão por mais de 35 anos e foi ‘resgatado’ de guindaste.

Os carros da Alfa Romeo têm por hábito arrebatar fãs por sua beleza. Alguns se apegam tanto, que os guardam em um porão e por lá deixam por 35 anos. A história parece bizarra, mas é o que aconteceu com um Alfa Romeo Giulietta SZ 1962, na Itália.

O modelo pertencia a um mecânico e ficou guardado em um porão depois que ele colocou o carro lá e o elevador que dava acesso quebrou. O carro foi descoberto só agora, em novembro.

Como o proprietário morreu e não deixou herdeiros ou testamento, o carro foi leiloado pelo governo por 567 mil euros, cerca de R$ 2,4 milhões. Diferentemente da maioria dos Giulietta SZ, esse nunca foi modificado para uso em corridas e está no estado original, nunca restaurado.

O carro

O Giulietta SZ, uma abreviação de Sprint Zagato, é considerada a versão de alta performance do icônico modelo da Alfa. A carroceria feita à mão pela Zagato foi aplicada sobre o chassi mais curto do Giulietta Spider – a variante conversível.

Siga o Brasil Sintonizado no Instagram e Facebook

Para reduzir o peso, as janelas de vidro foram substituídas por modelos de Perspex – uma espécie de acrílico – e o interior foi aliviado. O resultado é um peso de 785 kg. O motor é um quatro cilindros de 1,3 litros que rendia 100 cv. Com ele, o Alfa Romeo Giulietta SZ atingir a velocidade máxima de 200 km/h.

Fonte: Jornal do Carro

Confira as fotos na galeria abaixo:

Foto reprodução

1  / 3

Redes sociais:

Comentários