fbpx

BERLINETA – O supercarro brasileiro dos anos 60, voltará a produção em 2019

Berlineta, o supercarro brasileiro, está próximo de voltar a ser fabricado.

No design do novo esportivo que está por vir, fica evidente a inspiração no primeiro esportivo nacional, Willys Interlagos!

O Projeto Berlineta está muito próximo de se tornar realidade e entrar em produção no Brasil.

Uma lenda das pistas…

Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo em 1961, o Willys Interlagos, o primeiro esportivo brasileiro, logo chamou atenção pelo motor traseiro de 4 cilindros com 70 cavalos de potência, em uma estrutura de plástico reforçado e fibra de vidro.

Ganhou respeito ao ser pilotado por Emerson Fittipaldi e José Carlos Pace.

Virou ícone e objeto de desejo após ter apenas 822 unidades vendidas até o final de sua produção, em 1966.

Foto/Reprodução

O Projeto!

Idealizada em 2006 pelo designer João Paulo Melo, a empreitada ganhou recentemente o importante apoio da empresa alemã Micla Engineering & Design, que ficará responsável pelo refinamento de carroceria, chassi e suspensão.

Segundo Melo, “hoje existe uma carência de esportivos prontos para track day no Brasil. O piloto precisa comprar um carro de rua e modificá-lo inteiro para correr num autódromo”.

Foto/Reprodução

O Berlineta nasce com esta proposta: um carro leve (850 quilos, com 4,13 metros de comprimento por 1,87 metro de largura), de fibra de vidro e carbono, gaiola de segurança, tração traseira e pronto para receber diferentes configurações de motores, de um turbo 2.0 a um poderoso V6.

A ideia não é fabricar o carro, mas criar uma montadora que receberá todos os componentes de diversos fornecedores e o entregará pronto para o consumidor, com todas as homologações para rodar nas ruas e na pista.

Melo explica que existirá a opção de receber o Berlineta sem motor, para os pilotos mais saudosistas que querem colocar o coração do carro dentro da própria garagem.

Siga o Brasil Sintonizado no Instagram e Facebook

Seu criador não nega ter bebido nessa fonte: “Sempre quis fazer carro. A primeira palavra que falei foi carro e acho que em outra vida eu já pilotei o Willys”.

João Paulo prevê que até o final deste ano existirá um protótipo em escala real para começarem os testes e, se tudo correr como previsto, em 2019 o Berlineta estará pronto para ser vendido.

Sobre o preço, deve começar em aproximadamente R$ 200 mil. Nada mal para um carro de corrida.

Fonte: VIP

Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

 

Redes sociais:
error

Comentários

error

Não deixe de nos seguir nas redes sociais!