Caminhão Ford 0km vê a luz do dia após 25 anos em galpão fechado

Caminhão Ford 0km foi encontrado após ficar mais de 25 anos abandonado em galpão lacrado.

Alguém aí tem saudades do ano de 1988? Enquanto Rosana estourava com “O amor e o poder” nas paradas de sucessos, a inflação atingia os quatro dígitos, fechando o ano em 1.037%. Para tentar poupar os cruzados do ataque do dragão, os brasileiros bolavam soluções inusitadas.

Dois irmãos da cidade de Embu-Guaçu, São Paulo, tiveram a ideia de usar caminhões Ford como cadernetas de poupança. Aplicaram suas economias na compra de nada menos do que doze F-11.000 zero-quilômetro. Depois, guardaram todos em um sítio.

Os caminhões foram vendidos aos poucos. Sobrou só um, que havia sido comprado por CZ$ 4.800.000 (quatro milhões e oitocentos mil cruzados).

Para evitar olhares curiosos, Seu Orlando (um dos irmãos) mandou cobrir a boca do galpão com blocos de cimento. Eis que agora, já passado dos 70 anos de idade e com problemas de saúde, o sitiante, enfim, decidiu vender o caminhão “bruto”.

Siga o Brasil Sintonizado no Instagram e Facebook

Os blocos foram retirados, arrumaram uma bateria e o F-11.000 com 110km no hodômetro voltou a roncar. Tudo, absolutamente tudo, é zero-quilômetro — até os plásticos que cobriam os bancos na concessionária.

O caminhão, agora, pertence a Reginaldo Gonçalves, conhecido como Reginaldo de Campinas, colecionador e comerciante especializado em modelos raros, antigos e pouco rodados.

— Nem a Ford tem um caminhão desses… — diz Reginaldo, que só pensaria em vender o Ford F-11.000 1988 pelo valor de um Cargo novo.

Fonte:  ExtraGlobo / Mundo Fixa
Confira as imagens na galeria abaixo:
Foto reprodução / Reginaldo de Campinas

1  / 17

Redes sociais:

Comentários