fbpx

VW mata o GTI e põe fim ao Golf brasileiro. GTE é o substituto

Fonte de QUATRO RODAS afirma que fabricante não voltará a fazer hatch no país. Marca reconhece paralisação, mas não fala em encerramento

A Volkswagen confirma que o GTE chega entre outubro e dezembro, mas nega que vem para substituir o GTI.

A Volks promoveu um workshop para a imprensa especializada para falar sobre híbridos e elétricos.

Na sala onde a Engenharia discorreu sobre o plano de eletrificação da marca, um Golf GTE branco para ilustrar o bate papo técnico – afinal, ele utiliza dois motores, um elétrico e um a gasolina.

O hatch médio também estava lá para reforçar o período de chegada às concessionárias: entre outubro e dezembro.

Apesar de a Volkswagen afirmar que o Golf GTI segue em produção no Brasil – paralisada por um tempo para estabelecimento da linha de produção do T-Cross –, uma fonte ligada à fábrica de São José dos Pinhais (PR) garante:

Redes sociais:
error

Comentários

error

Não deixe de nos seguir nas redes sociais!